sábado, 19 de janeiro de 2013

BEM-VINDO, 2013!

   Começo as postagens de 2013 com um vídeo muito especial para mim.  Há uns 7 ou 8 anos, coloquei melodia em Mateus 6 e dediquei a um tio muito querido que foi sempre uma grande inspiração pra mim, José Diniz da Costa Filho. Há pouco menos de dois meses dediquei, oficialmente, para mais uma pessoa, Joana Erling;  Joana-força/ Joana-encanto e tantos outros encantos.
   Tanto a amiga Joana, quanto meu tio José  são  pessoas que moram nas minhas melhores lembranças. Agradeço ao tenor Rafael Forte que gravou comigo esse vídeo caseiro em um momento tão emotivo. 
Um bom e possível ano, para todos nós!



segunda-feira, 31 de dezembro de 2012

Belíssimo texto de REGIS CASERTA!

Um velho novo tempo

Simplesmente vivo desfrutando de tudo um tanto que me for possível e a cada pouco que conquisto entrego-me à despretensiosa e involuntária vontade de aprender mais e mais. Muitas vezes nem tão involuntária e nem tão despretensiosa como defino. 
Sou a minha alma interagindo com as pessoas, repensando a vida, contando o tempo e tentando crescer espiritualmente, para que eu seja em cada detalhe a minha solene verdade. 
Divido o pouco que sei, contemplo tudo que vejo e me alimento de tudo que percebo e sinto. 
Não tenho bagagem, não sou viajante, mas um eterno viajor, por vezes caminhando, outras planando pelo universo. 
Recebo cotidianamente as influencias da vida, vivo cada dia como se fosse o último, sonho cada noite como se fosse véspera do meu primeiro nascimento. Defino a continuação de toda e qualquer história, como uma passagem, uma pequena fresta entre a meia noite de qualquer 31 de dezembro e um primeiro de janeiro de qualquer ano-luz do sistema solar. Existe um recomeço em cada pulsação, em cada batimento cardíaco, em cada respiração e em todo novo amanhecer.
Chegamos a 2013 e por isso eu quero abraçar você, com muito amor, carinho, esperança e felicidade.
Solte as amarras, tente velejar a vida e tenha um feliz dois mil e sempre!

(Regis Caserta)

quinta-feira, 13 de setembro de 2012

NÃO POSSO RECUAR - Nei Duclós


Não posso recuar além de um poema

Meu limite de medo


Não posso deixar que a palavra se perca


Última colheita


Não posso esperar que o tempo resolva


Ser mais ameno


Não posso deixar de trair 


O meu sossego



 (Do livro No meio da rua, 1979, L&PM Editores)

quinta-feira, 6 de setembro de 2012

IMPERDÍVEL e ESSENCIAL!

FHERNANDA FERNANDES estará lançando seu mais recente CD, no próximo dia 12 de setembro, no  no Casarão Ameno Resedá, Rio de Janeiro.


Fhernanda é talento puro e não tenho dúvida, o CD Passional, todo com canções da genial Fátima Guedes, será sucesso e indispensável!


sábado, 18 de agosto de 2012

"Perdemos tempo distraídos com diferenças. Mas o que pega são as sintonias, espinha dorsal do convívio múltiplo, prazer da nossa inteligência." -NEI DUCLÓS


segunda-feira, 30 de julho de 2012

Mais uma caminhada com meu celular...

PARA MELHOR VISUALIZAÇÃO, VEJA EM TELA CHEIA OU CLIQUE NA FOTO QUE QUISER VER SEM MOVIMENTO OU MAIOR.


De Árvores, Texturas e Luz (música Autoral) Slideshow: GiliaGerlinG’s trip to Parque Farroupilha (Redenção) (near Porto Alegre), Rio Grande do Sul, Brasil was created by TripAdvisor. See another Porto Alegre slideshow. Take your travel photos and make a slideshow for free.


sábado, 7 de julho de 2012

ARTE DE Neyde Noronha (NAN)



"E todos os dias ficarei tão alegre que incomodarei os outros."
                                               Clarice Lispector


segunda-feira, 2 de julho de 2012

Se quiser ver a foto melhor, e estática, clique em cima da própria.
São fotos de uma das minhas caminhadas pelo Parque Farroupilha, de Porto Alegre, mais conhecido como Redenção.
Desejo boa semana a todos nós!



segunda-feira, 25 de junho de 2012




















"Visto que é mar, posso esperar nas areias do meu tempo. Visto que é sol, que deslize no meu corpo impunemente. Se horizonte, que atravesse meus olhos...Visto que sonho, temo que o meu sonho cresça e apareça do outro lado da noite."  Eliane Fogel (Nany)

terça-feira, 28 de fevereiro de 2012

Algo essencial, de SYLVIA COHIN

Desconfianças...
(Para Vera Mussi)

Desconfio
Que vivemos fases semelhantes por vertentes distintas, mas não ousamos confessar porque admitir machuca.

Desconfio
Que poucos, muito poucos, entenderiam o contorcer de um coração a gritar, no âmago, sem, contudo, conseguir extravasar.

Desconfio
Que ficamos paralisados, enquanto os pés querem fugir. Que ficamos mudos, porque não sabemos dizer, e, ainda que conseguíssemos, de nada valeria porque seria NADA para o mundo, e guardado no peito, é TUDO.

Desconfio
Que estamos em xeque-mate, sem tabuleiro. Em confronto, sem guerra. Entre o silêncio das certezas e o alarido das dúvidas.
Campeando raios de Lucidez, deixamo-nos levar sem emoção, sem apegos, rumo a nova dimensão, bravamente serenos, singrando o horizonte das Revelações.

Desconfio
Que já não há poesias porque somos a Poesia feita história, rastro de trajetória, e com a coerência de quem não sabe, mas pressente, desconfio que paramos numa encruzilhada, a escolher um rumo:
Passado? Futuro? Presente?

Desconfio
Apenas desconfio dessa vida, sempre um desafio, desse cansaço estéril, e ainda que essa longa estrada acene Auroras que não se cansam de apagar as noites, cumprimos cada etapa da viagem que nos cabe, sob o olhar clemente da Eternidade.

Em 12 de fevereiro de 2012.
 Sylvia Cohin

quinta-feira, 20 de outubro de 2011

Reflexões pela Semana da Educação Especial e pelo Ano do Autismo


"Filho é um ser que nos emprestaram para um curso intensivo de como amar alguém além de nós mesmos, de como mudar nossos piores defeitos para darmos os melhores exemplos e de aprendermos a ter coragem."  José Saramago


"Toda vez que uma criança abre seu coração para mim e compartilha essa assombrosa sabedoria geralmente mantida oculta, eu sinto uma profunda reverência. As crianças com quem trabalhei talvez não saibam, mas elas me ensinaram muita coisa a respeito de mim mesma." - Violet Oaklander


"A escolha é clara: ou não fazemos nada e permitimos que um futuro miserável e provavelmente catastrófico nos alcance, ou usamos nosso conhecimento sobre o comportamento humano para criar um ambiente social no qual poderemos viver vidas produtivas e criativas, e fazemos isso, sem pôr em risco as chances de que aqueles que se seguirão a nós serão capazes de fazer o mesmo." - Skinner, B.F

"Não é tão difícil compreender o universo do filho. Basta debruçar-se sobre ele. De modo ativo, participativo e verdadeiramente interessado." - Rosely Sayão

"Não considere nenhuma prática como imutável. Mude e esteja pronto a mudar novamente. Não aceite verdade eterna. Experimente." - Skinner, B.F







segunda-feira, 19 de setembro de 2011

Fragmento de "CERCO ABERTO" de Lorenzo Ganzo





























"INCRÍVEL HUMANIDADE "
Um Blog excelente, sensível e forte de Lorenzo Ganzo.